Bem-vindo à página do Provedor de Justiça - Uma instituição aberta aos cidadãos

Nota à navegação com tecnologias de apoio

Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação: motor de busca (tecla de atalho 1) | Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 2)
Provedor de Justiça - Na Defesa do Cidadão
Pesquisar
Provedora de Justiça participa na reunião anual da GANHRI dedicada aos direitos das pessoas com deficiência
A Provedora de Justiça, Maria Lúcia Amaral, participa nesta semana na reunião anual da Aliança Global de Instituições Nacionais de Direitos Humanos (GANHRI, na sigla em inglês).
O encontro magno deste ano, que tem lugar entre 21 e 23 de fevereiro em Genebra, será particularmente orientado para a troca de experiências e de boas práticas em torno da proteção dos direitos das pessoas com deficiência. Igualmente em relevo estarão os direitos dos idosos e das mulheres migrantes.
Criada em 1993 no âmbito das Nações Unidas, a GANHRI congrega instituições nacionais de todo o mundo responsáveis por acompanhar a realização efetiva dos Direitos Humanos e das Liberdades Fundamentais, através da sua promoção e proteção. No caso de Portugal, essa missão cabe ao Provedor de Justiça, que funciona como elo de ligação entre o sistema português e o sistema internacional de proteção dos Direitos Humanos.
Além de fórum de cooperação, a GANHRI tem também por missão apreciar a conformidade das Instituições Nacionais de Direitos Humanos com os Princípios de Paris, através de um processo de acreditação e de reacreditação de que podem resultar três classificações. Maria Lúcia Amaral verá, nesta ocasião, reconfirmada a classificação máxima (A, plenamente conforme) para este órgão do Estado.
A Provedora de Justiça  será acompanhada pela Provedora-Adjunta, Teresa Anjinho, e pelo Adjunto do Gabinete Ricardo Carvalho.

 

Para aceder ao programa da reunião clique aqui

 

Para ver foto do evento clique aqui

2018-02-21
Última atualização a 2018-12-14
Acessibilidade
©2012 Provedor de Justiça - Todos os direitos reservados